9.11.18

O AMOR CHEGA.


Cinzas.
Muitas cinzas.
E ela era ciumenta.
Muito.
Gostava de dominar e controlar.
Ciumenta.
Ciumenta demais.
E gostava do controle.
Ele não.
Um bobo.
Bobo.
Apenas um.
E as cinzas?
Elas apenas iam embora.
Ela?
Se rendia a ele.
Com todo o respeito.
Com todo o amor.
O amor chega.
Um dia chega.
Cinzas.
Muitas cinzas.
E ela era ciumenta.
Muito.
Gostava de dominar e controlar.
Ciumenta.
Ciumenta demais.
E gostava do controle.
Mas o controle pode mudar.
E quem disse que tem que haver controle.
Quem?



Nenhum comentário: